(86) 9918-1155

   
 
 
Espalhe por aí                  Visualizações: 99


09/01/2019 às 07:02:00
Trump alega crise humanitária ao defender muro com o México

Em pronunciamento na TV, presidente dos EUA fez apelo para aprovação de verba para barreira de aço na fronteira
créditos: Queda de braço com democratas trava o Orçamento e paralisa o governo.

  O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a construção do muro com o México em pronunciamento à Nação, no início da madrugada desta quarta-feira (9). Trump disse que há uma crise humanitária e de segurança na divisa.


O discurso de Trump, em horário nobre e em rede nacional de televisão, é uma tentativa de convencer os americanos de que o muro na fronteira com o México é fundamental para a segurança da população.

Trump trava uma queda de braço com os democratas no Congresso pelo financiamento do projeto do muro de mais de US$ 5 bilhões. A maioria democrata na Câmara não aprova a verba.


O impasse resultou na suspensão do financiamento de setores do governo, que afeta 800 mil funcionários federais. A paralisação parcial do governo e o congelamento de salários entrou no 19º dia.


No discurso, Trump atacou a oposição, voltou a culpar os democratas pelo 'shutdown' no governo e apelou: “quanto sangue americano terá que ser derramado até que o Congresso aprove?”.


O presidente americano convidou as lideranças do Congresso para uma reunião nesta quarta-feira, na Casa Branca.

 

Ultimato pelo muro


Do Salão Oval da Casa Branca, o presidente dos EUA fez um apelo pelo financiamento da barreira e apresentou números sobre a entrada de imigrantes ilegais e a violência na fronteira.


"Uma em cada três mulheres é sexualmente atacada na perigosa caminhada pelo México. As mulheres e as crianças são, de longe, as maiores vítimas do nosso sistema fragmentado. Esta é a trágica realidade da imigração ilegal na nossa fronteira sul."


Trump disse que os americanos também são vítimas da entrada ilegal de imigrantes.


"Todos os americanos são feridos pela imigração ilegal descontrolada"


Segundo o presidente, "300 cidadãos americanos são mortos por semana por heroína", e que 90% da droga vêm pela fronteira sul do país.


As estatísticas e os números apresentados durante o discurso são questionados pela oposição e pela imprensa. Segundo o 'New York Times', que transmitiu o pronunciamento ao vivo em seu site e confrontou as frases de Trump com serviço de checagem de fatos, alguns dados são enganosos.


De acordo com o jornal, apesar do tráfico de heroína pela fronteira sul dos EUA, outras drogas são enviadas diretamente da China por entradas legais.


Trump disse ainda que os EUA não conseguem mais acomodar imigrantes que entram ilegalmente no país. "Estamos sem espaço para segurá-los e não temos como devolvê-los de volta ao país deles", disse.




Fonte.g1

Publicado Por.Antonio Francisco

COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA









Internacionais

ONU pede US$ 120 milhões para ajuda humanitária na Coreia do Norte

Segundo porta-voz das Nações Unidas, cerca de 11 milhões de pessoas, mais de 40% da população do país, não têm acesso suficiente a comida nutritiva

07/03/2019   06:24:25

Ler Matéria

ONU diz que mais de 40 pessoas morreram e 850 foram presas na Venezuela

Apenas em 23 de janeiro, dia de grande manifestação contra Nicolás Maduro, foram registradas 696 prisões, segundo porta-voz.

29/01/2019   14:40:57

Ler Matéria

Theresa May diz que pedirá à União Europeia para renegociar acordo do Brexit

Premiê pediu apoio a emenda que propõe substituição do \'backstop\' por \'acordos alternativos\'.

29/01/2019   14:36:50

Ler Matéria

Embaixadas e consulados recebem pacotes suspeitos na Austrália

Polícia investiga envio de \'material perigoso\' a prédios em Camberra e Melbourne, nesta quarta-feira (9)

09/01/2019   07:08:38

Ler Matéria

Trump alega crise humanitária ao defender muro com o México

Em pronunciamento na TV, presidente dos EUA fez apelo para aprovação de verba para barreira de aço na fronteira

09/01/2019   07:02:00

Ler Matéria

Venezuela prende 6 pessoas após suposto ataque de drones contra Maduro

Um dos suspeitos tinha mandato de prisão pendente por ataque em 2017; outro já tinha sido preso por participar de protestos contra o governo

06/08/2018   06:16:07

Ler Matéria

Pelo menos 91 pessoas morrem após terremoto atingir a ilha turística de Lombok, na Indonésia

Região foi sacudida por um tremor de magnitude 7

06/08/2018   06:07:57

Ler Matéria

Protesto na Grécia contra novo nome da Macedônia termina em violência

Time de futebol de cidade no norte da Grécia apoiou protesto, afirma imprensa grega

26/06/2018   06:42:00

Ler Matéria



 
 
Rádio Cruzeiro Am
Rua Corinto Andrade (Praça Manoel Nogueira Lima) Nº460, Pedro II - PI
Tel:  (86) 3271-1186  -  WhatsApp:  (86) 9918-1155
 

 Online Agora:

  14

 Visitas:

  1488269